Brasil: Nos trilhos da vergonha, no caminho do retrocesso

05/08/2019



O presidente do Siemaco ABC, Roberto Alves, por meio do Editorial impresso no Jornal do ABC, Edição Julho e Agosto de 2019, fez questão de registrar o seu absoluto repúdio a mais nova fala do presidente, Jair Bolsonaro, que revelou em tom explicitamente preconceituoso e discriminatório o seu pensamento a respeito do povo nordestino, denominando-os como “os paraíba”.

“Como nordestino, tenho a obrigação de registrar o meu repúdio a (mais uma) infeliz fala do presidente Jair Bolsonaro que, pejorativamente, referiu-se aos nordestinos como ´´os paraíba´´. Tal fala revela sua discriminação, preconceito e cabe punição.
O que esperar de um presidente que venceu as eleições sem projetos e com discursos marcados pela apologia aos ditadores e regimes ditatoriais, psicopatia em defesa do uso de armas?
Infelizmente, vivemos tempos difíceis, com uma série de ataques aos nossos direitos.
Sem legítimos representantes no Poder, assistimos o Congresso Nacional chancelando projetos que ampliam a desigualdade, destroem o meio ambiente, empobrecem o povo e subordinam, de forma violenta, a classe trabalhadora.
E assim segue o nosso país: Com a Justiça desmoralizada, o Congresso vendido e um Governo antipopular, gerenciado por um ignorante, estúpido e preconceituoso. É triste, mas nas mãos do Bolsonaro, o Brasil está nos trilhos da vergonha e no caminho do retrocesso”, afirmou o presidente do Siemaco ABC, Roberto Alves.